Alimentos Orgânicos: uma escolha consciente


Ter uma alimentação saudável vai muito além de comer frutas e verduras. Na infância, por exemplo, os alimentos são fonte de energia e nutrientes, e servem como garantia para o desenvolvimento cognitivo, bem como para o crescimento saudável e com menos doenças. Como nos primeiros anos de vida as pessoas são mais vulneráveis aos produtos químicos e sintéticos, consumir alimentos livres dessas substâncias é fundamental para garantir a saúde e o pleno desenvolvimento delas. No Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 de Outubro, nossa nutricionista, Lilia Maria Grazziotin, explica os motivos por termos escolhido o consumo exclusivo de produtos orgânicos na escola.


O que são alimentos orgânicos?


A principal diferença entre os alimentos orgânicos e aqueles não orgânicos é o processo de produção. Durante a produção dos alimentos orgânicos, o produtor sempre utiliza práticas que conservam e preservam o solo, água, ar e a biodiversidade local. Dessa forma, não é feito uso de materiais químicos sintéticos, como os agrotóxicos e as sementes transgênicas Além disso, também é levado em conta o consumo responsável do consumidor final.  


Quando pensamos em alimentos orgânicos, rapidamente lembramos de frutas e vegetais. Entretanto, existem também outras variedades que seguem a mesma lógica de produção: carnes orgânicas, por exemplo, possuem o processo produtivo mais natural possível; ainda é possível encontrar  outros produtos como arroz, farinha de milho ,  grãos e cereais diversos, leguminosas e até mesmo sucos.


Por que consumimos orgânicos?

Na nossa escola, priorizamos a saúde dos alunos. Por isso, trabalhamos com produtos orgânicos em todas as refeições, trazendo uma oferta maior de nutrientes e evitando, até mesmo, vários tipos de doenças. "Comprovadamente sabemos que esses alimentos trazem maior benefício, tanto para saúde e desenvolvimento das crianças, quanto para o meio ambiente.  Essa escolha tem influência direta no desenvolvimento das crianças por que oferece uma maior quantidade de nutrientes e não possuem substâncias tóxicas, que contribuem para o surgimento de alergias, problemas intestinais e outros", destaca a nutricionista Lilia, que ainda complementa o benefício na cognição infantil. "A infância é um período de crescimento e desenvolvimento acelerados. Por isso, a oferta adequada de  nutrientes é de extrema importância para o desenvolvimento global da criança, mas principalmente no desenvolvimento cerebral, com o estabelecimento das funções cognitivas".


A opção por alimentos orgânicos também visa o auxílio em uma geração saudável a longo prazo. A alimentação saudável nos primeiros anos de vida do indivíduo podem influenciar na minimização do desenvolvimento de doenças como hipertensão e diabetes na vida adulta. 

42 visualizações

Escola de Educação Infantil Particular em Caxias do Sul | Bairro Cruzeiro | ©  2019 por Cataventura