• Sarah Carvalho

Cores: qual o efeito delas nos ambientes infantis?

Atualizado: 26 de Jun de 2018

É de conhecimento geral que as cores causam sensações sobre as pessoas. Agora, imagine você em um ambiente onde as paredes tem diversas imagens e cores; ali, você passa algumas horas todos os dias. Caso houvessem muitas cores vermelhas, estudos indicam que você se sentiria irritado, por exemplo, já que o vermelho é uma cor excitante e sugere agitação. Assim como algumas cores podem provocar uma sensação de dinamismo, outras podem trazer a sensação de tranquilidade e o excesso delas pode causar cansaço ou confusão.

O método Montessori, forma de ensino criada por Maria Montessori, afirma que crianças devem se sentir livres e confortáveis para descobrir o ambiente. A partir dos primeiros anos de vida, o contato com o espaço físico promove o aprendizado e o desenvolvimento da autonomia, como se o ambiente fosse o terceiro educador.


Por isso, além da adaptação dos móveis, conforme explicamos nesse post, é importante dar atenção para a quantidade de informações presentes no ambiente. Em geral existe a associação da criança a vida, a alegria e ao brincar. Por esses motivos, acabamos exagerando na escolha das cores do ambiente. É importante destacar que essas cores são informações e quando excessivas, atrapalham na concentração da criança, impedindo que ela dê sequência em seus interesses e descobertas.



Por que as cores devem ser discretas nos ambientes infantis?


Como já dito, o método montessoriano coloca que o contato com o espaço físico promove o aprendizado e as cores do ambiente, ao fazerem parte do espaço de descoberta da criança, colaboram para isso. A utilização de cores neutras se faz, portanto, fundamental para que não ocorra perturbação no momento de aprendizado das crianças.


Em ambientes Montessori, os materiais pedagógicos privilegiam as cores primárias, mas não existe exagero na intensidade desses tons. Isso auxilia as crianças na sensação de tranquilidade, uma vez que elas tentem a organizar melhor suas percepções, familiarizando-se melhor com o ambiente que fica mais parecido com uma casa e consequentemente evita a hiperatividade.


A aprendizagem acontece por meio dos sentidos, da vivência e da experiência. Dessa forma, os espaços infantis devem ser convidativos e tranquilos, assim, as crianças sentem-se confiantes para protagonizar de seu crescimento. Isso porque o espaço físico que a cerca, assegura que elas tenham suas necessidades de desenvolvimento atendidas.




Venha conhecer mais da nossa proposta de escola criativa, baseada nos estudos de Maria Montessori! Entre em em contato!



#escolacriativa #ambienteinfantil #cores #métodomontessori

0 visualização

Escola de Educação Infantil Particular em Caxias do Sul | Bairro Cruzeiro | ©  2019 por Cataventura